03.05.2017

Empresa goiana conquista o segundo lugar na competição nacional em startups de biotecnologia


O empreendimento Bioplace Biotecnologia, ficou em segundo lugar na principal competição que envolve startups em ciências da vida do Brasil, a BioStartup Lab. O resultado foi anunciado na última quinta-feira (27), em Belo Horizonte.A empresa goiana ficou entre os 21 melhores projetos dos 313 empreendedores inscritos no concurso. Ao todo, os participantes vieram de 50 instituições de 14 estados e três países diferentes.

A Bioplace Biotecnologia apresentou um projeto que visa poupar tempo e custo no processo de pesquisa e desenvolvimento de novas drogas. A ideia reúne novos softwares de bioinformática que realizam testes iniciais de
segurança em moléculas de medicamentos.

O CEO da startup, Arthur Scalzitti Duarte, contou como funciona a ideia. “De maneira virtual, a suíte Bioplace indica quais moléculas possuem alguma característica negativa. Dessa forma, em um estágio inicial de pesquisa, a
utilização dessa estratégia, pode eliminar de 60% a 80% o número de moléculas que serão efetivamente testadas”, explica o biotecnologista formado Universidade Federal de Goiás (UFG).

A startup goiana esteve por dois meses em Belo Horizonte, participando de um programa intensivo de pré-¬aceleração. “A participação no programa impulsionou o desenvolvimento no que diz respeito a parte técnica e de negócios. Tivemos acessos a coachings, workshop e capacitações”, relembra Arthur.

A competição BioStartup Lab é uma iniciativa da Biominas Brasil e do Sebrae Minas e existe para inspirar, engajar e acelerar a nova geração de empreendedores e startups de ciências da vida. O foco está nas áreas de saúde humana, agronegócios/saúde animal, meio ambiente e digital health.

Fonte: Jornal O Popular

 

Próxima Rodada do BioStartup Lab

A próxima edição do BioStartup Lab já tem data para começar e está nos últimos dias de inscrição.
Essa rodada será realizada em parceria com a INTERFARMA – associação das empresas farmacêuticas de pesquisa no Brasil, em prol da inovação em saúde no país. Essa edição inédita acontecerá em São Paulo e selecionará apenas projetos nas áreas de saúde humana e digital health. O empreendimento Bioplace Biotecnologia, ficou em segundo lugar na principal competição que envolve startups em ciências da vida do Brasil, a BioStartup Lab. O resultado foi anunciado na última quinta-­feira (27), em Belo Horizonte.

O programa busca identificar ideias e projetos inovadores em saúde para apoiá-los na transformação em negócios promissores, e está com as inscrições abertas até dia 14 de maio.
Para saber mais e fazer sua inscrição, acesse: www.biostartuplab.org.br/inscricoes/